cabecalho.jpg
     Ipatinga,
menu.jpg
       .: Página Principal
       .: A Empresa
       .: Trabalhos Realizados
       .: Nossos Clientes
       .: Portfólio  
       .: Nossa Frota
       .: Localização
       .: Indique Nosso Site
       .: Fale Conosco

novidades_l.jpg
08/01/2015
Veja o que checar no carro antes de sair de casa
.............................................................
18/12/2014
O Passo A Passo Da Troca De Pneu
.............................................................
05/12/2014
Limpe o carro após passar em alagamento
.............................................................
27/11/2014
Carros com injeção direta de combustível poluem mais
.............................................................


 Foto: reprodução/MonlevadeNotícia

 

Nesta quinta-feira (28) o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) publicou os editais de licitação dos 11 lotes das obras de duplicação do trecho entre Belo Horizonte e Governador Valadares da BR-381.

Segundo o Dnit, os 11 lotes serão licitados na modalidade de contratação integrada, pelo Regime Diferenciado de Contratações (RDC), oferecendo às empresas ou consórcios vencedores a oportunidade de propor soluções ao projeto.

O objetivo do Dnit com o RDC é avaliar as técnicas e os preços das propostas para a realização das intervenções de duplicação, melhorias, construção de pontes, viadutos rodoviários, túneis e segurança na rodovia.

As empresas terão até o dia 27 de maio para solicitarem esclarecimentos sobre o projeto ao Dnit. As propostas serão avaliadas nos dias 4, 5 ou 6 de junho e os contratos não permitirão aditivos.

As empresas serão responsáveis pelo projeto executivo da obra, que contará com mais de 90 edificações.

Além do “Seguro performance”, que garante a conclusão das obras mesmo nos casos em que as empresas apresentarem problemas na execução, os contratos apresentarão a “Gestão de risco”, que  estabelece valores de risco para as empresas.

O Dnit informou que não há uma data definida para o início das obras, devido ao processo licitatório, ressaltando que existe um prazo para a entrega do trecho reformado de cada lote,que pode variar entre dois e três anos.

No dia 21 deste mês, a Fiemg (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais) lançou o projeto “Nova 381”, cujo objetivo é a união de forças pela duplicação da BR-381. O movimento será coordenado pelas regionais do Vale do Aço e do Rio Doce da entidade.

Segundo a Fiemg, o site www.nova381.org.br disponibilizará informações sobre o andamento da duplicação da BR e tudo sobre o tema será acessível ao público.

Nessa terça-feira (26), deputados federais de Minas Gerais declararam que irão fiscalizar todo o processo de duplicação, para verificar a aplicação dos recursos públicos e impedir atrasos nas obras.

Fonte: http://www.plox.com.br/caderno/pol%C3%ADtica-e-economia/dnit-divulga-editais-duplicacao-br-381    

 

 


  
rodape.jpg